EURO R$ 5,20 -0,02% DÓLAR R$ 5,07 +0,00% BBDC4 R$ 19,50 +1,09% MGLU3 R$ 3,57 +17,43% ABEV3 R$ 15,19 +0,40% ITUB4 R$ 26,70 +1,06% PETR4 R$ 31,67 +7,06% GGBR4 R$ 26,12 +2,11% IBOVESPA 112.764,26 pts +2,78% VALE3 R$ 70,00 +1,23%
EURO R$ 5,20 -0,02% DÓLAR R$ 5,07 +0,00% BBDC4 R$ 19,50 +1,09% MGLU3 R$ 3,57 +17,43% ABEV3 R$ 15,19 +0,40% ITUB4 R$ 26,70 +1,06% PETR4 R$ 31,67 +7,06% GGBR4 R$ 26,12 +2,11% IBOVESPA 112.764,26 pts +2,78% VALE3 R$ 70,00 +1,23%
Delay: 15 min
Mercado

Ibovespa na semana: Lojas Americanas (LAME4), Americanas S.A (AMER3) e Eztec (EZTEC3) são os destaques negativos

Ibovespa caiu 0,72% entre os dias 19 e 23 de julho, finalizando o período aos 125.052,78 pontos

Ibovespa na semana: Lojas Americanas (LAME4), Americanas S.A (AMER3) e Eztec (EZTEC3) são os destaques negativos
Foto: São Luis Shopping
  • O Ibovespa caiu 0,72% entre os dias 19 e 23 de julho, finalizando o período aos 125.052,78 pontos
  • As três ações que mais se desvalorizaram foram Lojas Americanas (LAME4), Americanas S.A (AMER3) e Eztec (EZTEC3)

O Ibovespa caiu 0,72% entre os dias 19 e 23 de julho, finalizando o período aos 125.052,78 pontos. Durante a semana, um dos assuntos que seguraram o índice foram as turbulências políticas entre os poderes, na esteira das discussões em torno do voto impresso. O avanço da variante Delta do coronavírus também impactou os mercados.

“O ruído institucional entre os poderes vem atrapalhando a retomada mais forte na bolsa, fazendo com que fiquemos descolados da diminuição de volatilidade e recuperação dos índices no exterior. Por lá, os investidores engataram no otimismo com a temporada de balanço e com os PMIs da Europa e Estado Unidos vindo melhor do que o esperado”, afirma Thomás Gibertoni, analista da Portofino Multi Family Office, em comunicado à imprensa.

Na segunda (19) e na sexta (23), o indicador caiu 1,24% e 0,87%, respectivamente. Já na terça (20), quarta (21) e quinta (22) houve altas de 0,81%, 0,42% e 0,17%, respectivamente.

As três ações que mais se desvalorizaram foram Lojas Americanas (LAME4), Americanas S.A (AMER3) e Eztec (EZTEC3).

Confira o que influenciou o desempenho dos ativos:

Lojas Americanas (LAME4): -18,21%, R$ 7,82

Com a fusão dos ativos de lojas físicas das Lojas Americanas com a B2W, que deu origem a Americanas S.A, os papéis LAME4 ainda enfrentam volatilidade. Os temores relacionados ao avanço da nova variante do coronavírus também deixa os investidores mais cautelosos com empresas ligadas à reabertura econômica.

Os papéis caem 14,47% no mês e 29% no ano.

Americanas S.A (AMER3): -17,68%, R$ 55,98

A Americanas S.A teve origem na fusão de ativos das Lojas Americanas com a B2W. O papel AMER3 teve sua estreia no início da semana e os investidores ainda avaliam a integração e o novo ativo.

A AMER3 está caindo 16,06% no mês e 26,44% no ano.

Eztec (EZTEC3): -7,23%, R$ 28,11

Os impasses no cenário político e o IPCA-15 acima do esperado fizeram com que o setor imobiliário caíssem em bloco. Os papéis da Eztec cederam 7,23%, aos R$ 28,11.

As ações estão caindo 9,64% no mês e 33,62% no ano

*Com Estadão Conteúdo

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos