ITUB4 R$ 24,76 +2,15% EURO R$ 6,33 -1,15% DÓLAR R$ 5,46 +0,00% MGLU3 R$ 14,56 +2,54% BBDC4 R$ 21,28 +5,24% IBOVESPA 114.647,99 pts +1,29% GGBR4 R$ 28,17 +0,21% ABEV3 R$ 15,53 -0,26% PETR4 R$ 29,60 -0,10% VALE3 R$ 80,68 +1,41%
ITUB4 R$ 24,76 +2,15% EURO R$ 6,33 -1,15% DÓLAR R$ 5,46 +0,00% MGLU3 R$ 14,56 +2,54% BBDC4 R$ 21,28 +5,24% IBOVESPA 114.647,99 pts +1,29% GGBR4 R$ 28,17 +0,21% ABEV3 R$ 15,53 -0,26% PETR4 R$ 29,60 -0,10% VALE3 R$ 80,68 +1,41%
Delay: 15 min

Investimento não é cassino

Fabrizio Gueratto é especialista em investimentos, com mais de 15 anos de experiência, além de ser o apresentador e financista do Canal de YouTube 1Bilhão Educação Financeira, com mais de 300 mil inscritos e 12 milhões de visualizações em pouco mais de 1 ano de trabalho. Atualmente, com 36 anos de idade, Fabrizio é palestrante e autor do livro “De Endividado a Bilionário”.

Escreve às terças e quintas-feiras

Fabrizio Gueratto

Gil do Vigor: renda variável não é para quem gosta de perder dinheiro

O ex-BBB disse que é conservador e investe na renda fixa porque "não lutou para ganhar e depois perder"

Gil do Vigor. Foto: João Cotta/TV Globo
  • Em recente entrevista ao Estadão, Gil disse que se considera muito conservador, por isso investe somente na renda fixa. Afinal, segundo ele, ele não trabalhou tanto para depois perder
  • À primeira vista, nada de mais. Cada um tem um perfil e gosta de investir com uma determinada estratégia
  • Porém, existem alguns problemas nas declarações que ele fez e vou explicar quais são

O ex-BBB Gil do Vigor é antes de tudo um exemplo de superação. Não por ter participado de um reality show como o Big Brother Brasil, mas por fazer parte da exceção da exceção, que estudou em escola pública, conseguiu chegar no auge da vida acadêmica e ser PhD em Economia.

Em recente entrevista ao Estadão, Gil disse que se considera muito conservador, por isso investe somente na renda fixa. Afinal, ele diz que “não trabalhou tanto para depois perder”. Além disso, ele está fazendo investimentos em títulos do Tesouro Direto e CDB (Certificado de Depósito Bancário) antes de comprar imóveis.

À primeira vista, nada de mais. Cada um tem um perfil e gosta de investir com uma determinada estratégia. Porém, existem alguns problemas nas declarações que ele fez e vou explicar quais são.

Renda Fixa e a diversificação

Investir em dois ou três títulos de renda fixa, como CDB e Tesouro Direto, não quer dizer que você está diversificado. Gil do Vigor disse que está rico. Claro que isso é relativo. Vamos supor que ele já tenha um patrimônio de R$ 10 milhões. Destes, R$ 2 milhões estão em CDBs de um determinado banco. Se este quebrar, o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) só irá ressarcir R$ 250 mil. Além de não estar diversificado de verdade, também não está em uma estratégia muito segura.

Talvez você deve estar pensando, mas o Gil do Vigor investe através de um grande banco. Dificilmente irá quebrar. Concordo. Mas aí temos um outro problema que vou explicar no tópico abaixo.

Inflação x Investimento de renda fixa

Como PhD em economia, ele deve saber que no fim das contas o que manda é o ganho real, ou seja, a rentabilidade acima de inflação. Geralmente, os grandes bancos oferecem títulos de renda fixa vergonhosos, tipo 99% do CDI, que perdem e perdem muito para a inflação. Aliás, tentei entrar no site de um banco que você conhece bem e não consegui encontrar a rentabilidade da renda fixa que oferecem. Achei bem estranho para falar a verdade.

Eles se aproveitam da marca e da solidez que possuem para captarem dinheiro barato, com um CDB que paga uma taxa ridícula e depois emprestam este dinheiro a uma taxa de juros 10 vezes maior para os seus clientes.

Querido Gil do Vigor. Abra o olho. Talvez seu dinheiro esteja perdendo para a inflação.

Renda fixa você só ganha

Isso é uma meia verdade. Até o Tesouro Selic, considerado o investimento mais popular do país depois da poupança, já teve rentabilidade negativa. Além disso, quando você fala que investe na renda fixa porque não ralou tanto para depois perder, está implicitamente passando a ideia que quem investe na renda variável perde dinheiro.

Renda variável e a sua importância

Até pouco tempo atrás tínhamos pouco mais de 500 mil investidores na bolsa de valores. Hoje, estamos perto de 4 milhões e segundo pesquisa da B3 (B3SA3), mais de 70% destes novos investidores são influenciados por pessoas como nós, influenciadores. Quando você deixa implícito que investir na renda variável é para quem quer perder dinheiro, existem dois problemas.

Você acaba por amedrontar aqueles que já vivem com medo, tipo meu pai, que viveu a hiperinflação, onde os preços no supermercado mudavam duas vezes ao dia e viu de perto a bolsa de valores do Rio de Janeiro quebrar. Além disso, acaba por demonstrar pouco conhecimento em relação a investimentos. Eu sou professor de MBA em Finanças de duas universidades e posso garantir que encontro pessoas no mercado financeiro que nem terminaram a faculdade e entendem muito mais do que eu.

Hedge

Existe um mecanismo no mundo dos investimentos chamado hedge, que nada mais é do que investimentos que geralmente sobem quando outros descem. Por exemplo, se a bolsa brasileira cai por um longo período, geralmente o dólar se valoriza, porque o real está perdendo força. Hedge é como o seguro de um carro, com a diferença que em algum momento você irá usar com certeza. O caos é uma certeza na economia. Só não sabemos quando exatamente ele virá.

Além disso, quando o mundo vira de cabeça para baixo, existe algo chamado Fly to Quality (voo para qualidade). Basicamente o dinheiro do mundo todo migra para os EUA, justamente por ser a economia mais segura do mundo. Foi o que ocorreu em 2020.

Isso significa que ter ativos no exterior é importante como hedge e como diversificação e a nossa missão como educadores financeiros é informar sobre as possibilidades e riscos existentes. Por isso só falo daquilo que entendo.

Warren Buffett

Vou citar um exemplo que deixa isso muito claro. Warren Buffett é sem dúvida o maior investidor de todos os tempos. Não sou eu que falo. Os números dele falam por si só. Isso não quer dizer que ele não comete erros, como investir em companhias aéreas, por exemplo.

Além disso, Buffett critica fortemente as criptomoedas, como o Bitcoin (BTC) e ele pode estar certo sim, mas ele deveria ficar quieto e vou explicar porque. Simplesmente porque ele nem sabia usar um smartphone até seis meses atrás e é impossível entender as moedas digitais sem entender minimamente de tecnologia.

Ou seja, Buffett critica algo que simplesmente desconhece. E se ele estiver certo, se as criptomoedas forem mesmo “veneno de rato ao quadrado”, acertará por sorte e não porque estudou. Só podemos falar daquilo que conhecemos com profundidade, principalmente quando impactamos milhões de pessoas.

Querido Gil do Vigor, se um dia quiser vir ao canal 1Bilhão Educação Financeira para batermos um papo as portas estão abertas. Aí você vai entender o Método MR2, em que falo que a coisa mais arriscada que você pode fazer na sua vida é não correr riscos. Isso é muito arriscado.

Leia mais sobre como investir o prêmio do Big Brother Brasil aqui

Assista ao vídeo exclusivo sobre por que o prêmio do BBB precisar aumentar:

*Tentamos contato com a assessoria do Gil do Vigor, mas não tivemos retorno até a publicação deste artigo 

 

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos