ITUB4 R$ 23,54 -4,25% MGLU3 R$ 12,42 +0,89% DÓLAR R$ 5,65 +0,00% EURO R$ 6,58 -0,01% BBDC4 R$ 20,45 -3,91% GGBR4 R$ 26,73 +0,72% IBOVESPA 106.296,18 pts -1,34% PETR4 R$ 27,18 -1,13% ABEV3 R$ 15,00 -1,39% VALE3 R$ 76,08 +1,05%
ITUB4 R$ 23,54 -4,25% MGLU3 R$ 12,42 +0,89% DÓLAR R$ 5,65 +0,00% EURO R$ 6,58 -0,01% BBDC4 R$ 20,45 -3,91% GGBR4 R$ 26,73 +0,72% IBOVESPA 106.296,18 pts -1,34% PETR4 R$ 27,18 -1,13% ABEV3 R$ 15,00 -1,39% VALE3 R$ 76,08 +1,05%
Delay: 15 min
Mercado

As ações mais recomendadas para abril de 2021, segundo 12 corretoras

Pelo terceiro mês consecutivo, Vale teve o maior número de indicações

Foto: Ricardo Moraes/Reuters
  • O Ibovespa colocou um fim nos dois meses consecutivos de queda e encerrou o mês de março com alta de 6%, aos 116.633,72 pontos
  • As ações da B3 ficaram em segundo lugar, com cinco recomendações
  • A ação com a melhor performance de março foi a do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3), com 62,33% de valorização no período

O Ibovespa colocou um fim a dois meses consecutivos de queda e encerrou março com alta de 6%, aos 116.633,72 pontos. A ação com a melhor performance do mês foi a do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3), com 62,33% de valorização no período. Há algumas semanas, a companhia  se separou formalmente da sua subsidiária Assaí (ASAI3).

Do lado negativo, a maior queda de março ficou com os papéis de B2W (BTOW3), que registraram baixa de 25,91% no acumulado do mês.

Doze corretoras consultadas pelo E-Investidor apontaram suas recomendações de ações para abril. Pelo terceiro mês consecutivo, a ação da mineradora Vale (VALE3) foi as mais indicada, com nove indicações.

No acumulado do mês de março, os papéis da companhia registraram alta de 7,23%, puxada pela valorização do minério de ferro, assim como pelo bom momento vivido pelo setor.

“No curto e médio prazos, a empresa deve se beneficiar do aumento da produção de minério de ferro, que continua surpreendendo positivamente. Seguimos com a nossa visão de que a Vale está bem posicionada, mas a ação continua negociada com um desconto não merecido, considerando o EV/EBITDA”, diz o relatório da Ágora Investimentos.

Na visão da Órama, a companhia possui algumas plantas que estão paradas e mesmo que a demanda por minério aumente, será possível honrar os pedidos sem grandes problemas. “Acreditamos que a retomada das economias globais resultará em um novo superciclo de commodities, especialmente no minério de ferro, principalmente em países como a China”, diz um relatório enviado aos clientes.

Na visão da Singulare, o valuation de Vale é atrativo, com a relação EV/EBITDA 2021 em apenas 3,8x, inegavelmente barato. Parte da justificativa para o desconto atual do papel se deve à percepção de risco por parte do investidor, principalmente por questões envolvendo segurança das operações da empresa e preocupação com volumes de vendas de minério de ferro.

“Vale destacar que, ao longo dos últimos anos, a companhia viveu uma notável história de transformação, com a tragédia de Brumadinho tendo exercido forte força sobre a gerência da empresa, que se mostra ainda mais comprometida com uma agenda de segurança e ESG no longo prazo”, diz o relatório da Singulare.

A segunda ação mais indicadas é da B3 (B3SA3), com seis recomendações. “A B3 é uma empresa que está se beneficiando de um momento muito positivo na renda variável. O mercado de capital no Brasil passou por um momento inédito que combinou volatilidade gerada pelas incertezas que acompanham a crise atual a um cenário de taxas de juros em patamares historicamente baixos. Esse cenário resultou em recorde no lucro líquido, crescendo 53% no ano, para R$4,2 bilhões”, diz um relatório da Easynvest.

Confira a seguir as recomendações de dez corretoras:

Ágora Investimentos

Para o mês de abril, a Ágora realizou apenas uma troca em sua carteira. Saem os papéis da Ômega Geração (OMGE3) e entram as ações da Cesp (CESP6). Confira as recomendações:

Ação
Cesp (CESP6)
C & A (CEAB3)
Itaúsa (ITSA4)
Tenda (TEND3)
B3 (B3SA3)
Iguatemi (IGTA3)
Usiminas (USIM5)
Rumo (RAIL3)
Vale (VALE3)
Suzano (SUZB3)

Órama

Para abril, a Órama compôs sua carteira com cinco ações em vez de dez, como fez em março. Ficaram apenas os papéis de Vale (VALE3) e da B3 (B3SA3). Sendo assim, as recomendações são:

Ação
B3 (B3SA3)
BR Properties (BRPR3)
Itaúsa (ITSA4)
Vale (VALE3)
Via Varejo (VVAR3)

Easynvest

A Easynvest não realizou nenhuma troca na sua carteira:

Ação
Itaú Unibanco (ITUB4)
B3 (B3SA3)
BRF-Brasil Foods (BRFS3)
Vale (VALE3)
Eneva (ENEV3)
Taesa (TAEE11)
Qualicorp (QUAL3)
SLC Agrícola (SLCE3)
Multiplan (MULT3)
Magazine Luiza (MGLU3)

Elite Investimentos

No mês de abril, a Elite realizou apenas uma troca em sua carteira recomendada. Saem as ações de Magazine Luiza (MGLU3), entram as de Multiplan (MULT3). Confira as recomendações:

Ação
B3 (B3SA3)
Banco do Brasil (BBAS3)
Eztec (EZTC3)
Itaúsa (ITSA4)
Multiplan (MULT3)
Natura & Co (NTCO3)
Sula América (SULA11)
Unidas (LCAM3)
Vale (VALE3)
Weg (WEGE3)

Investmind

Estreante na lista de ações recomendadas, a Investmind não realizou nenhuma troca para o mês de abril. A carteira é composta da seguinte forma:

Ação
Petrobras (PETR4)
Vale (VALE3)
Bradesco (BBDC4)
Aliansce Sonae (ALSO3)
Omega Geração (OMGE3)

Genial Investimentos

Para o mês de abril, a Genial realizou três trocas na sua carteira recomendada. Saem Lojas Americanas, Profarma e Suzano. Entram Bradesco, Lojas Quero-Quero e Weg.

Ação
Aliansce Sonae (ALSO3)
Arezzo Co (ARZZ3)
Bradesco (BBDC4)
BTG Pactual (BPAC11)
Gerdau (GGBR4)
Itaú Unibanco (ITUB4)
Lojas Quero-Quero (LJQQ3)
Locaweb (LWSA3)
Rumo S.A. (RAIL3)
Weg (WEGE3)

Modalmais

A Modalmais realizou quatro trocas na sua carteira recomendada, permanecendo apenas com os papéis da Gerdau (GGBR4). Confira:

Ação
Itaú Unibanco (ITUB4)
Porto Seguro (PPSA3)
Petrobras (PETR4)
Gerdau (GGBR4)
Vale (VALE3)

Nova Futura

Em abril, a Nova Futura realizou somente uma troca. Saem as ações de Cosan (CSAN3), entram os papéis da Cyrela (CYRE3). Veja as recomendações:

Ação
Cyrela (CYRE3)
Vale (VALE3)
Petrorio (PRIO3)
JBS (JBSS3)
BTG Pactual (BPAC11)

Toro

Para o mês de abril, a Toro trocou quase todas ações da sua carteira, mantendo apenas as ações de Gerdau (GOAU4) e Weg (WEGE3). Sendo assim, os papéis recomendados são:

Ação
Bradesco (BBDC3)
BTG Pactual (BPAC11)
WEG (WEGE3)
Ambev (ABEV3)
AES Brasil (AESB3)
CCR (CCRO3)
Eztec (EZTC3)
Assaí (ASAI3)
Cosan (CSAN3)
Gerdau (GOAU4)

Singulare

Por fim, a Singulare também fez apenas uma substituição em sua carteira Top Pick. Saíram as ações de BR Malls (BRML3), entraram os papéis da Vale (VALE3). Confira a lista:

Ação
Bradesco (BBDC4)
Vale (VALE3)
Via Varejo (VVAR3)
Hapvida (HAPV3)
JBS (JBSS3)

 

CM Capital

Para o mês de abril, a CM Capital realizou duas alterações em sua carteira. Saem Simpar (SIMH3) e Sinqia (SQIA3), entram B3 (B3SA3) e Weg (WEGE3). Confira as ações recomendadas:

Ação

Azul (AZUL4)

B3 ( B3SA3)

Bradesco (BBDC4)

Gerdau (GGBR4)

Marfrig (MRFG3)

Natura (NTCO3)

Vale (VALE3)

Weg (WEGE3)

Warren

Por fim, a Warren fez três substituições em sua carteira Top Pick. Saem Vale (VALE3), Magazine Luiza (MGLU3) e Klabin (KLBN11), entram Gerdau (GGBR4), Pão de Açúcar (PCAR3) e Cosan (CSAN3). Confira a lista:

 

Ação

B3 (B3SA3)

BTG Pactual (BPAC11)

Cosan (CSAN3)

Gerdau (GGBR4)

Lojas Americanas (LAME4)

Locaweb (LWSA3)

Pão de Acúcar (PCAR3)

Petrorio (PRIO3)

Raia Drogasil (RADL3)

Weg (WEGE3)

Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos