EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
EURO R$ 6,04 +1,23% MGLU3 R$ 21,11 -0,94% DÓLAR R$ 5,09 +0,51% ITUB4 R$ 32,20 -2,13% PETR4 R$ 28,25 +0,43% ABEV3 R$ 18,64 -1,95% BBDC4 R$ 27,47 -1,75% IBOVESPA 128.405,35 pts +0,27% GGBR4 R$ 28,95 -0,17% VALE3 R$ 109,11 +3,03%
Delay: 15 min
Mercado

Twitter (TWTR34): ação alcança maior valor desde 2014 com otimismo do JP Morgan

Projeção considera crescimento acelerado para toda a indústria na publicidade digital em 2021

Logo do Twitter em tela de celular
Logo do Twitter em tela de celular (Imagem: Pixabay)
  • Ações do Twitter foram impulsionadas pelo JP Morgan, que elevou a classificação da empresa de mídia social para overweight
  • A empresa também elevou seu preço-alvo de US$ 52 para US$ 65.

(Ryan Vlastelica/WP Bloomberg) – As ações do Twitter (TWTR34) alcançaram a maior valorização dos últimos anos na quinta-feira (17), um avanço que foi impulsionado pelo JP Morgan, que elevou a classificação da empresa de mídia social para overweight [desempenho melhor que o do índice de referência], citando uma visão bullish em relação à publicidade online em 2021. A empresa também elevou seu preço-alvo de US$ 52 para US$ 65.

Embora o crescimento deva acelerar em toda a indústria de publicidade digital em 2021, o Twitter “mostrará a maior recuperação devido ao declínio mais acentuado dos anúncios impulsionados pela pandemia”, escreveu o analista Doug Anmuth. A companhia também deve se beneficiar da “priorização de receita em toda a empresa, benefícios iniciais da tecnologia de anúncios reconstruída” e aumentos tanto de anunciantes como de anúncios.

As ações ganharam mais de 6%, com o papel completando seis sessões positivas em dias consecutivos, além do maior preço desde outubro de 2014 – US$ 54,60. As ações acumulam mais de 40% de valorização desde o piso atingido no início de novembro, quando a empresa anunciou os resultados referentes ao terceiro trimestre.

As ações do Twitter subiram mais de 70% em 2020, ficando abaixo do Snap e do Pinterest, que mais do que triplicaram de valor este ano. O Facebook, de longe a maior empresa de mídia social, cresceu menos de 35% em 2020.

O JPMorgan escreveu que o Twitter não está entre suas ‘queridinhas’. A empresa prefere o perfil de risco da empresa como Snap ou Pinterest. Embora esses dois nomes tenham apresentado um crescimento mais rápido, ele escreveu, o Twitter negocia com “um desconto substancial” maior na comparação com elas.


Invista com TAXA ZERO de corretagem por 3 meses. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos