MGLU3 R$ 25,99 +1,96% DÓLAR R$ 5,47 +0,00% EURO R$ 6,66 +0,03% BBDC4 R$ 25,01 -1,84% IBOVESPA 117.380,49 pts -0,80% ITUB4 R$ 29,27 -2,14% PETR4 R$ 27,09 -1,67% ABEV3 R$ 15,15 -2,95% VALE3 R$ 93,17 -0,20% GGBR4 R$ 25,36 +1,36%
MGLU3 R$ 25,99 +1,96% DÓLAR R$ 5,47 +0,00% EURO R$ 6,66 +0,03% BBDC4 R$ 25,01 -1,84% IBOVESPA 117.380,49 pts -0,80% ITUB4 R$ 29,27 -2,14% PETR4 R$ 27,09 -1,67% ABEV3 R$ 15,15 -2,95% VALE3 R$ 93,17 -0,20% GGBR4 R$ 25,36 +1,36%
Delay: 15 min
Últimas notícias

Balança comercial tem superávit de US$ 3,732 bilhões em novembro

  • No ano até novembro, o superávit já soma US$ 51,160 bilhões, ante US$ 42,089 bilhões no mesmo período de 2019.

(Estadão Conteúdo) – A balança comercial brasileira registrou mais um superávit em novembro. As exportações superaram as importações em US$ 3,732 bilhões no mês passado, de acordo com dados divulgados há pouco pelo Ministério da Economia.

No ano até novembro, o superávit já soma US$ 51,160 bilhões, ante US$ 42,089 bilhões no mesmo período de 2019. No começo de outubro, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia atualizou a projeção de saldo comercial positivo deste ano para US$ 55 bilhões. No último Relatório Focus, os analistas de mercado ouvidos pelo Banco Central estimaram superávit comercial de US$ 57,90 bilhões em 2020.

O dado de novembro ficou dentro do intervalo das projeções de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, que previam saldo positivo de US$ 3,40 bilhões a US$ 6,40 bilhões. O desempenho, no entanto, ficou abaixo da mediana que indicava superávit de US$ 4,20 bilhões no mês passado. Em novembro de 2019, o saldo positivo da balança havia ficado em US$ 3,565 bilhões.

O superávit de novembro ocorreu apesar da queda nas exportações, já que as importações também apresentaram novo recuo na média diária em comparação a o mesmo mês de do ano passado. Em valores absolutos, as exportações somaram US$ 17,531 bilhões em novembro, enquanto as importações ficaram em US$ 13,799 bilhões.

A média diária das importações caiu 2,6% em relação a novembro de 2019, com tombo de 40,8% na indústria extrativa e queda de 0,5% na indústria de transformação. A média diária de importações da agropecuária cresceu 8,3% na mesma comparação.

Já no caso das exportações, houve queda de 1,2%, puxada pela retração de 21,9% nos embarques da agropecuária, enquanto as vendas da indústria de transformação caíram 2,9%. Por outro lado, a indústria extrativa teve um aumento de 26,9% na média diária de embarques.

O Ministério da Economia divulgou ainda o superávit de US$ 611 milhões na 4ª semana de novembro (dias 23 a 29), com US$ 4,140 bilhões em exportações e US$ 3,529 bilhões em importações. Na 5ª semana do mês (dia 30), houve superávit de US$ 226 milhões, com vendas de US$ 836 milhões e compras de US$ 610 milhões.

Invista com o apoio de conteúdos exclusivos e diários. Cadastre-se na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos