EURO R$ 6,23 +0,04% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% VALE3 R$ 78,91 -0,35% PETR4 R$ 26,84 +4,06%
EURO R$ 6,23 +0,04% DÓLAR R$ 5,30 +0,00% ITUB4 R$ 28,71 +3,75% MGLU3 R$ 15,87 -3,30% ABEV3 R$ 15,88 +0,51% GGBR4 R$ 27,00 +5,83% BBDC4 R$ 20,72 +4,59% IBOVESPA 114.064,36 pts +1,59% VALE3 R$ 78,91 -0,35% PETR4 R$ 26,84 +4,06%
Delay: 15 min

Investimento não é cassino

Fabrizio Gueratto é especialista em investimentos, com mais de 15 anos de experiência, além de ser o apresentador e financista do Canal de YouTube 1Bilhão Educação Financeira, com mais de 300 mil inscritos e 12 milhões de visualizações em pouco mais de 1 ano de trabalho. Atualmente, com 36 anos de idade, Fabrizio é palestrante e autor do livro “De Endividado a Bilionário”.

Escreve às terças e quintas-feiras

Fabrizio Gueratto

Next, do Bradesco, e Disney: nova conta digital não dará trégua a concorrentes

Nubank, Banco Inter e Original terão de pensar em boas estratégias de educação financeira

A rainha Elsa no longa 'Frozen 2' (Foto: Walt Disney Animation Studios/Divulgação)
  • O NextJoy é uma conta digital gratuita focada no público infantil, para crianças entre 0 e 17 anos - esse mercado representa 54 milhões de pessoas
  • Com a parceria com a Disney, será que a criança ao lado não vai se interessar e pedir para os seus pais o mesmo que viu no dispositivo na coleguinha?

O banco digital Next, do Bradesco, está fechou um acordo com a Disney e irá lançar o NextJoy, uma conta digital gratuita focada no público infantil, para crianças entre 0 e 17 anos – esse mercado representa 54 milhões de pessoas.

É a primeira iniciativa do gênero em toda a América Latina e um importante passo para a educação financeira do Brasil. Toda vez que vejo uma notícia como essa tento entender o que está por trás dela e qual é o seu real impacto. É importante entender que, enquanto o Nubank  possui quase 30 milhões de usuários da NuConta, o Next ainda se aproxima de 3 milhões de clientes. E essa parceria significa uma reação.

Revolução na educação financeira infantil

O NextJoy é o primeiro projeto realmente grandioso e arquitetado com uma grande marca focado em pessoas abaixo dos 18 anos. A primeira coisa que precisamos analisar é a importância disso para a educação financeira do País.

Hoje, com 2 anos de idade, uma criança já sabe mexer em um smarthphone ou tablet. Entretanto, a maior parte do tempo ela está vendo desenhos animados, o que não tem problema algum, afinal, o desenvolvimento da parte lúdica faz parte também do desenvolvimento da criatividade, algo que nenhum robô jamais substituirá.

Porém, se a criança já está conectada desde muito nova com a tecnologia, é razoável que parte desse tempo seja usado para aprender a lidar com o dinheiro. É a famosa mesada que agora estará em um aplicativo. Isso vai estimular o desenvolvimento dela em relação às finanças. Além disso, como obrigatoriamente precisa ser vinculada à conta-corrente dos pais, o Bradesco dá uma grande tacada para manter os clientes mais velhos, detentores de patrimônio, dentro do banco.

Influenciadores

Influenciador não é apenas aquela pessoa que possui um canal no YouTube ou no Instagram e sim todo aquele que influencia outra pessoa. Imagina uma criança na cantina da escola, abrindo seu app no celular e pagando sua conta com a ajuda do Rei Leão ou da Elsa e da Anna, de Frozen: será que a criança ao lado não vai se interessar e pedir para os seus pais o mesmo que viu no dispositivo na coleguinha?

Se isso virar moda, pode se espalhar rapidamente. Quando estamos formando a nossa personalidade, temos uma necessidade maior de pertencermos a um grupo (termos o que os outros têm). Eu era assim. Na minha geração, meninos e meninas se vestiam quase todos iguais, com as mesmas marcas.

O NextJoy pode, sim, ser a ferramenta de pagamento e mesada que as crianças usarão, principalmente por ter uma marca benchmark do entretenimento global, como a Disney.

Bancos Digitais X Grandes Bancos

Existe hoje uma dúvida se os bancos digitais podem impactar significativamente os grandes bancos. Em primeiro lugar, os bancos digitais ainda precisam resolver o problema do pequeno lucro gerado ou até mesmo do prejuízo. Em 2020 ou, no máximo, em 2021, o Nubank vai solucionar essa equação. O Banco Inter, por exemplo, não conseguiu apresentar crescimento constante e considerável em suas receitas, mesmo expandindo fortemente a sua base de clientes.

Acreditar que Itaú, Santander e Bradesco assistirão sentados aos bancos digitais ganharem mercado e não farão nada é uma utopia. Hoje, a maioria das análises são baseadas na revolução das contas digitais, mas sempre levando em conta que os grandes bancos estão parados. Isso não é verdade!

Sem dúvida alguma a velocidade de mudança é muito diferente, mas a parceria com a Disney é uma prova que ainda teremos um grande embate nos próximos anos. Que bom! Quem ganha somos nós, usuários!

Saiba como funcionará o NextJoy e assista também ao vídeo exclusivo sobre como investir para crianças:

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos