Investimentos

Investidor estrangeiro retira dinheiro da bolsa e de fundos de investimento

Resgate foi de US$ 6 bi de renda variável e demais carteiras

Investidor estrangeiro retira dinheiro da bolsa e de fundos de investimento
Foto: Pixabay
  • Estrangeiros realizaram resgates líquidos de US$ 6,109 bilhões de ações e fundos de investimentos em março
  • No acumulado em 12 meses até o final de fevereiro, o mercado local de capitais registra saídas de US$ 20,2 bilhões
  • Porém, o investidor local segue aportando mais recursos em fundos de investimentos em março

Em situação semelhante àquela registrada no primeiro bimestre de 2020, os investidores estrangeiros continuaram retirando recursos do País pelo canal financeiro. De acordo com o boletim do Setor Externo divulgado hoje pelo Banco Central, os estrangeiros realizaram resgates líquidos de US$ 6,109 bilhões de ações e fundos de investimentos em março, até o dia 23, e uma saída líquida de US$ 10,528 bilhões de títulos de dívida públicos e privados.

Se comparado com a saída líquida de US$ 4,5 bilhões de ações e fundos de investimentos em fevereiro, os números mostram que o fluxo piorou nesse curto espaço de tempo, de pouco mais de três semanas, coincidente com o agravamento da crise dos mercados causada pela pandemia do novo coronavírus, observada desde a quarta-feira de cinzas (26/02) no Brasil.

Vale lembrar que o mercado brasileiro ainda registrava um ingresso líquido de US$ 1,1 bilhão em títulos de dívida em fevereiro, ou seja, o fluxo foi invertido nesse curto espaço de tempo, de entrada para saída. No acumulado em 12 meses até o final de fevereiro, o mercado local de capitais registra saídas de US$ 20,2 bilhões.

Publicidade

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

“A aversão ao risco do investidor estrangeiro acelerou nesse processo de pandemia. Ele está buscando mercados menos arriscados nesse momento. Mas, o investidor local ainda não desistiu da bolsa de valores (Ibovespa) e acredita num momento de oportunidades agora”, diz Jason Vieira, economista-chefe da Infinity Asset.

Investidores locais

Vale contextualizar que enquanto o estrangeiro aumenta sua saída de recursos do Brasil, o investidor local segue aportando mais recursos em fundos de investimentos em março. Dados do boletim diário da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), divulgados hoje à tarde, mostram que até o dia 20, os fundos registravam captação líquida de R$ 11,858 bilhões, sendo R$ 7,777 bilhões em fundos estruturados (FIDCs e FIPs) e R$ 4,081 bilhões em fundos de investimentos, principalmente em ações e ETFs com mais aportes.

Dentro da renda fixa, houve uma migração de carteiras de duração mais longa para fundos de curto prazo com liquidez diária, mas no geral, houve resgate de R$ 5,3 bilhões dessa categoria, em março até o dia 20. “Temos a perspectiva de uma recessão global, mas o mercado está observando o que está acontecendo lá fora, sobre as alternativas para superar esse momento”, afirma Vieira.

Web Stories

Ver tudo
<
Golpes eletrônicos: confira 7 golpes digitais para roubar o seu dinheiro
Ataque cibernético: relembre 7 sabotagens que afetaram o mercado financeiro
Como investir em IA para ganhar dinheiro?
5 passos para planejar a independência financeira dos seus filhos
Como identificar as notas antigas do real que saíram de circulação?
Reforma tributária: quais alimentos terão imposto zerado ou reduzido? Confira lista
Voo cancelado pelo apagão cibernético? Veja o que fazer
Apagão cibernético: veja quais bancos brasileiros foram afetados
Novo aumento da gasolina? Entenda porque Petrobras pode mexer de novo no preço dos combustíveis
Bancos digitais: confira 5 contas que melhor pagam seus clientes
O que é BPC? Por que governo quer fazer pente-fino neste benefício social?
Mega-Sena: como aumentar minhas chances de vencer?
>

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos