DÓLAR R$ 5,69 +0,17% EURO R$ 6,78 +0,27% ITUB4 R$ 26,85 +0,79% MGLU3 R$ 21,74 +0,32% BBDC4 R$ 25,31 +0,44% PETR4 R$ 23,82 +0,72% ABEV3 R$ 15,49 +0,85% IBOVESPA 118.331,27 pts +0,56% GGBR4 R$ 30,97 -0,48% VALE3 R$ 103,23 +0,22%
DÓLAR R$ 5,69 +0,17% EURO R$ 6,78 +0,27% ITUB4 R$ 26,85 +0,79% MGLU3 R$ 21,74 +0,32% BBDC4 R$ 25,31 +0,44% PETR4 R$ 23,82 +0,72% ABEV3 R$ 15,49 +0,85% IBOVESPA 118.331,27 pts +0,56% GGBR4 R$ 30,97 -0,48% VALE3 R$ 103,23 +0,22%
Delay: 15 min

Investimento não é cassino

Fabrizio Gueratto é especialista em investimentos, com mais de 15 anos de experiência, além de ser o apresentador e financista do Canal de YouTube 1Bilhão Educação Financeira, com mais de 300 mil inscritos e 12 milhões de visualizações em pouco mais de 1 ano de trabalho. Atualmente, com 36 anos de idade, Fabrizio é palestrante e autor do livro “De Endividado a Bilionário”.

Escreve às terças e quintas-feiras

Fabrizio Gueratto

Imposto de renda 2021: 7 investimentos isentos do IR

Aos que desejam livrar seus investimentos da mordida do leão, é possível encontrar opções isentas de Imposto de Renda na renda fixa e variável

leão_IR_2021
(Foto: Envato Elements)
  • Apesar de ser desagradável observar parte da rentabilidade do investimento ser cortada, há diversas opções de ativos que estão isentas da mordida do leão

Com o imposto de renda 2021 e a taxa Selic subindo, o investidor começa a voltar a procurar investimentos de renda fixa isentos de I.R. O mercado financeiro oferece uma variedade de investimentos que podem servir aos planos de curto, médio e longo prazo do investidor. Além disso, é possível encontrar ativos de maior ou menor risco, a depender do perfil e estratégia que cada carteira pode suportar. No entanto, seja qual for o seu planejamento ou composição de alocações, você já deve ter se deparado com as alíquotas que comem parte da rentabilidade do investimento: o Imposto de Renda (IR).

Utilizado como um meio de angariamento de recursos ao estado, o Imposto de Renda aplicado aos investimentos funciona de acordo com uma tabela regressiva, que se baseia no tempo em que o dinheiro ficou aplicado. Se o valor for alocado por até seis meses, a rentabilidade será taxada em 22,5%; se for de 180 dias a um ano, a alíquota será de 20%; entre um ano e dois, 17,5%; e por fim, acima de dois anos, 15%.

Apesar de ser desagradável observar parte da rentabilidade do investimento ser cortada, há diversas opções de ativos que estão isentas da mordida do leão. Em sua maioria, isso ocorre pelo interesse do governo em fomentar certos setores, tal como a habitação e o agronegócio. Desse modo, acompanhe a lista com as melhores opções de ativos isentos de IR:

1. LCI (Letra de Crédito Imobiliário)

Protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que garante o ressarcimento de investidores caso uma instituição financeira venha a falir, o LCI é um investimento de baixo risco. O lastro do ativo é proveniente do mercado imobiliário, por meio de alienação de imóveis e hipotecas.

2. LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

O LCA, igualmente ao LCI, é considerado um investimento de baixo risco, uma vez que o FGC também respalda os investidores deste ativo de renda fixa. A diferença deste investimento em relação ao LCI é que os recursos angariados são utilizados para financiar o agronegócio.

3. CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio)

O CRA representa a promessa de pagamentos futuros sobre um valor investido em financiamentos do agronegócio. O lastro da operação está nos recebíveis advindos de acordos entre empresários do agronegócio e terceiras partes, para a compra de insumos e máquinas, por exemplo.

4. CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários)

Assim como o CRA, o CRI representa a promessa de futuros pagamentos sobre o valor investido na operação, porém, o lastro do CRI advém dos créditos imobiliários. Estes podem ser financiamentos, contratos e locações. Ambos são investimentos de renda fixa, porém, apresentam maior grau de risco, uma vez que nem sempre as dívidas são pagas por parte dos credores.

5. Debêntures Incentivadas

As debêntures são títulos emitidos por empresas. Sua função é angariar recursos para fomentar o crescimento da companhia. Este tipo de investimento permite que você receba o capital que aplicou com juros. Por serem incentivadas pelo governo, este tipo de debênture não sofre captação do imposto de renda.

6. Ações

Se a venda das ações não exceder R$ 20 mil por mês, o investidor estará isento de pagar imposto de renda. Caso o valor seja ultrapassado, a alíquota cobrada sobre a rentabilidade dos ativos será de 15%. É bom ressaltar que a parcela de dividendos recebida pelo acionista não entra no cálculo.

7. Fundos Imobiliários

Investir em Fundos Imobiliários também pode ser uma opção aos que querem fugir do imposto de renda. Neste caso, os cotistas não precisarão pagar as alíquotas sobre os dividendos distribuídos. No entanto, esta regra está restrita aos rendimentos do fundo, uma vez que a rentabilidade proveniente da venda das cotas deverá ser tributada em 20%.

Assista ao vídeo sobre investimentos que estão isentos do imposto de renda:

Invista em oportunidades que combinam com seus objetivos. Abra sua conta na Ágora Investimentos

Informe seu e-mail

Faça com que esse conteúdo ajude mais investidores. Compartilhe com os seus contatos